Revista Lubes em Foco
Chevron Oronite avança em projetos de cadeia de suprimentos.
 Imprimir     Indicar para amigo
A Chevron Oronite anunciou que está seguindo firmemente os passos estabelecidos para seus três principais projetos, que incluem a expansão da fábrica de detergentes em Gonfreville, na França, a capacidade de produção de carboxilato, em Cingapura, e a melhoria na infraestrutura das instalações de Louisiana, nos Estados Unidos. Coletivamente, esses projetos representam o maior nível de investimento global da empresas desde 1999.

De acordo como o Vice-presidente de Vendas e Marketing da Oronite, Jirong Xiao, esses projetos mantêm a empresa no caminho do crescimento, melhora a confiabilidade de suprimento e aumenta a flexibilidade global de suas fontes de componentes críticos.

“Essas iniciativas, que combinam um aumento nos investimentos com desenvolvimento em tecnologia, permitirão à Oronite servir a seus clientes cada vez melhor, em todo o mundo”, comentou Xiao.

O primeiro projeto, recentemente completado, é a expansão da capacidade de produção da fábrica de detergentes de Gonfreville. Já pronta para produção comercial, a planta praticamente dobrou sua capacidade, aumentando tanto a produção de carboxilato como a de sulfonato over-based.

A companhia definiu, recentemente, a decisão final de investimento no projeto que adiciona a produção de carboxilato também em sua planta de Cingapura, que dobrará a produção mundial da Oronite desse produto. A expectativa de completar esse projeto é para o ano de 2017. O carboxilato é um detergente bastante efetivo, livre de enxofre, geralmente utilizado em pacotes de aditivos de alta performance.

Também como resultado de decisão de investimento já tomada, a Oronite irá melhorar a infraestrutura das instalações de sua planta, em Belle Chasse, Louisiana, nos Estados Unidos, com a finalidade de expandir sua capacidade de produção, já visando as mudanças nas novas categorias de lubrificantes, PC-11 e GF-6, que se aproximam. O projeto inclui novas tubulações, reestruturação de tancagem, capacidade avançada para misturas, novos equipamentos mecânicos e nova instrumentação. O trabalho coletivo está programado para ser completado até o fim de 2016.

“Nosso forte comprometimento com todas essas três plantas de escala mundial é um reflexo da confiança que nossos clientes nos depositam, para entregar-lhes a flexibilidade e segurança para suas necessidades de agora e do futuro”, finalizou Xiao.

Fonte: Oronite