Revista Lubes em Foco
NMMA atualiza lista de óleos certificados.
 Imprimir     Indicar para amigo
A National Marine Manufacturers Association – NMMA iniciou a atualização de sua lista de produtos aprovados ou certificados, com as marcas TC-W3®, FC-W® e FC-W® compatível com catalisadores. A Associação licencia os lubrificantes para motores de dois tempos que são aprovados pelos laboratórios credenciados por ela.

Os óleos TC-W3 ® são recomendados pelos fabricantes de motores de dois tempos, enquanto os óleos FC-W® são requeridos para os motores de quatro tempos de alta performance e os FC-W Catalyst Compatible® atendem às especificações dos óleos marítimos para motoroes de quatro tempos que possuem limites de envenenamento de catalisadores.

De acordo com a NMMA, os objetivos a longo prazo da indústria de motores de dois tempos têm sido reduzir as emissões que contêm óleo queimado e não queimado que passam através do motor, e desenvolver uma qualidade de óleo que reduza a razão de mistura com o combustível, enquanto amplia a vida do motor. Isso implica uma significativa redução de emissões para satisfazer os requisitos da agência ambiental americana EPA, menos problemas com garantia e aumento da satisfação do cliente, devido a equipamentos com maior durabilidade e menor custo de manutenção.

Os óleos TC-W3® são marca registrada da NMMA e evoluíram durante anos, através de muitos testes e pesquisa. Têm provado ser o nível de qualidade adequado para satisfazer os objetivos acima descritos para os motores de dois tempos refrigerados a água, e darão um passo adiante, agora que os motores caminham para projetos de temperaturas e pressões mais elevadas nos cilindros.

Com a introdução da tecnologia dos motores de popa de quatro tempos, a NMMA considerou necessário o desenvolvimento de uma categoria de óleos marítimos FC-W® , especificamente para esse fim, já que todos os maiores fabricantes de motores de popa estão produzindo motores de quatro tempos para reduzir emissões e aumentar a economia de combustível.

A versão FC-W Catalyst Compatible® apresenta limites para Fósforo e Silício, além da volatilidade medida pelo teste de Noack, requisitos “stay in grade” de acordo com a especificação J-300 e de desgaste, segundo a Sequência IVA.

A NMMA cobra US$1,600 anualmente para o registro de óleo lubrificante.

A lista completa dos óleos pode ser encontrada no site da associação em: http://www.nmma.org/certification/certification Fonte: OEM Lube News